Relação entre movimento do corpo e frequências sonoras são temas do novo trabalho da Plataforma Shop Sui-Fernando Martins “Hertz – Contos de Lugares Distantes” é um espetáculo que explora possibilidades de diálogo entre a dança e outras linguagens.
Tendo como objeto cênico um bicho máquina-instrumento musical, que conta com uma mesa cimática, um carrilhão,  uma Launchpad e outros dispositivos que processam o sim em tempo real ativados por um celular que funciona como sensor de movimento usado pelo performer e/ou as pessoas que participam da intervenção.
Em soma este objeto-cênico existe como um corpo que cria composições com o intérprete e interatividade com o público.
Norteado por uma dramaturgia cheia de esquecimentos, Fernando busca relembrar sentimentos traduzidos nas frequências sonoras que o cercam e conectam os laços de suas raízes culturais, musicais, laços familiares e de amizades. Ele narra no corpo um conto, quer aproximar quem por ali passar, a fim de ver e ouvir uma boa história. A dramaturgia corporal parte da pesquisa de linguagem Brain Diving, principal objeto de estudo do performer.
O desafio deste projeto foi conseguir equalizar elementos tão diversos desde o ponto de vista estético e técnico, e ao mesmo tempo seja desmontável e regulável para poder realizar as apresentações em diferentes espaços e lugares, porque o nomadismo e adaptabilidade a diferentes superfícies foi também uma parte essencial do projeto.















FICHA TÉCNICA

Performance e criação: Fernando Martins
Assistente de criação: Dalila Leon
Figurino: Carolina Sudati
Casaco e colete: João Pimenta
Espaço performativo: Galpão BASE / Leo Ceolin
Programação: Caleb Mascarenas
Assessoria de imprensa: Ensaio comunicação
Fotografia e vídeo: Paulo Uras
Criação gráfica: S.O.M.F. Designs
Produção: Shop Sui


Este projeto é realizado através do Edital ProAC nº 04/2015 Produção de espetáculo inédito e temporada de dança.